O que acontece quando você clica no botão comprar?

O que acontece quando você clica no botão comprar?

Você passou horas analisando, pesquisando, comparando e finalmente escolheu seus produtos. Lá estão eles no carrinho da loja virtual de sua preferência, o frete já foi calculado e você tem a estimativa do prazo de entrega para o seu endereço. Você decide prosseguir e, então, informa seus dados de cartão de crédito. Nesse instante, você brevemente hesita, repensa, mas segue adiante. Agora, você acaba de receber seu número de pedido e, em instantes, sua confirmação de pagamento.

Pronto, chegou a confirmação! Agora é só aguardar ansiosamente o envio dos seus produtos.

Esse caminho é realizado todos os dias por consumidores no mundo todo, ao pagar suas compras online com cartão de crédito. Mas, o que você talvez nunca tenha parado para pensar, é que existe uma cadeia de especialistas trabalhando 24 horas por dia para que todos esses consumidores tenham sucesso em suas compras. Falo aqui especificamente do que acontece entre o momento em que você recebe seu número de pedido e o e-mail de confirmação de pagamento.

Ao encerrar o checkout, após o clique no botão de confirmação do pedido, você sinalizou para a loja que ela poderia reservar os produtos, que os dados de cartão de crédito são válidos e que, além disso, você tem saldo disponível para o pagamento. Se a loja for cliente Braspag (gateway de pagamentos), nós recebemos e validamos os dados de pagamento. Em seguida, verificamos se há alguma tentativa de fraude. Tenta imaginar o que alguém mal-intencionado com todos os seus dados poderia fazer.

A partir disso, é estabelecida a conexão com a adquirente escolhida pelo lojista, como a Cielo, por exemplo. Por enquanto, pense na adquirente como se fosse o banco do lojista. Simplesmente informamos que você tem interesse em comprar alguns produtos e que precisa transferir uma certa quantia para esse lojista. Tal processo é parecido com a compra que você faz em uma loja física, só que ao invés de inserir o cartão na maquinha, é através da Braspag que seus dados são enviados para o processamento na adquirente. Uma das vantagens no cenário digital é que o lojista não precisa ter maquininhas de diversas adquirentes visto que a Braspag está conectada às principais adquirentes do mercado.

De posse da informação do seu carrinho de compras, a adquirente precisa garantir duas coisas: que você realmente é quem diz ser e que, além disso, possui o limite disponível para conclusão da compra. Isso por que ela vai cobrar a taxa dessa transação do lojista. E a forma como essa checagem é feita é através do banco emissor do seu cartão. Nesse processo de autorização, a quantia é reservada na sua conta para que posteriormente haja a captura e o lojista receba o repasse.

Assim que a adquirente verificou que tudo está correto e que já foi acertado com o banco emissor, ela manda a confirmação para a Braspag que a requisição foi aceita e a compra pode seguir. Assim, avisamos o lojista que ele pode aprovar e finalmente você recebe o e-mail de confirmação para iniciar o processo de entrega, algo que explicarei em outra oportunidade.

Você deve estar se perguntando onde a bandeira do seu cartão entra nessa história, certo? Eu esqueci de mencionar que a adquirente não fala diretamente com o seu banco, ela informa a transação para que a bandeira valide o limite para aí sim efetuar a transação. Mas o grande papel da bandeira realmente é prover a tecnologia e os padrões para que toda a caminhada nessa rede ocorra.

Vamos recapitular? Você compra com um lojista, que passa a informação para o gateway de pagamentos, que no nosso exemplo é a Braspag. Daí a Braspag valida e avisa a adquirente, que pode ser a Cielo ou qualquer outra que o lojista seja cliente. A Braspag faz uma espécie de roteamento para que, caso uma das adquirentes passe por algum problema, a compra possa ser efetuada em outra. (Assim como você pode ter diversos bancos para armazenar seu dinheiro, o lojista pode ter diversas adquirentes para processar os pagamentos dos clientes).

Em seguida, a adquirente, que processa os pagamentos e realiza a liquidação dos valores para a conta do lojista, valida as informações com a bandeira do seu cartão de crédito, como por exemplo Elo, Visa e Mastercard que, por sua vez, se comunica com o seu banco emissor (Bradesco, Itaú, Santander etc). Por fim, a informação volta para o lojista e seu pagamento é aprovado. Muita coisa, não?  Aposto que, a partir de agora, você vai olhar as suas compras com cartão de crédito com outros olhos.

 

Henrique Santana | Cientista de Dados na Braspag