Como o profissional financeiro pode entender suas oportunidades de carreira e o futuro da sua profissão em tempos de pandemia

Perfil Braspag

20 de maio de 2020

Business

Como o profissional financeiro pode entender suas oportunidades de carreira e o futuro da sua profissão em tempos de pandemia

Nada será como antes, e isso é o que temos que ter em mente a partir de agora. Todas as pesquisas de mercado que tínhamos até aqui, ou mesmo os dados de futuro das profissões ficaram incertos, e acredite, se alguém lhe trouxer essa certeza, desconfie!

Tinha planejado esse artigo antes da pandemia, estava confortavelmente me baseando em algumas pesquisas. Ainda acredito no que foi estudado até o momento, porque traz dados e informações do que vivíamos. Mas não podemos ignorar os novos comportamentos do mercado, sem deixar de nos basear no que tínhamos como provas.

O fato é que não podemos parar, deixar de seguir com nossos sonhos e carreiras. E por isso, não desisti de trazer os dados que tinha selecionado antes de tudo isso acontecer.

Você sabia que numa recente pesquisa* as profissões com maior possibilidade de demanda a partir de análises de mercado e tendências de contratações das empresas são as ligadas ao mercado financeiro? É um setor com alta demanda, mas poucos candidatos qualificados. Entre as carreiras mais promissoras desta lista estão o gerente de planejamento financeiro, gerente de parcerias e canais, consultor de investimentos, analista de controladoria sênior e especialista tributário. Os cargos considerados nessa lista são de média e alta gerência e de nível técnico e suporte à gestão.

Olhando para esse cenário – agora mais incerto do que nunca – você pode concluir que precisa atualizar seu currículo e garantir seu trabalho e ainda, percebe que dentro do que você já faz, basta se atualizar profissionalmente?

Já tem uma pesquisa mais recente**, feita pelo mesmo instituto durante a pandemia, que engloba vários países e América Latina forçando as organizações a ter um novo olhar sobre como estão lidando com os seus negócios. Os conselhos e os executivos demonstraram grande preocupação com o impacto da pandemia, tanto no capital humano quanto no orçamento, afetando principalmente indústrias que não conseguem manter sua operação atuando de forma remota.

Você está pensando numa nova maneira de trabalhar após a quarentena?

Saiba que na AL, os países como Argentina, Brasil, Chile e México não estão considerando implementar novas formas de trabalho após quarentena. Já a Colômbia, com 72%, e o Peru, com 76%, por sua vez, consideram isso. Isso é consistente com as perspectivas tecnológicas e de inovação apresentadas pelos dois países.

Houve uma evolução diferente da pandemia na América Latina, dadas as ações das empresas e dos governos locais, gerando – em primeira instância – demissões e a adoção de instrumentos legais para otimizar os custos da folha de pagamento, a fim de obter recursos para proteger a estrutura e a receita da organização. Ainda, segundo a pesquisa, diferentes setores também sentiram a mudança na legislação local, impactando a gestão da organização, entre 60% e 70%, com as seguintes exceções: Bancos e financeiro com 56% e tecnologia com 54%. O setor financeiro foi o menos afetado pelas mudanças na legislação, apenas 6% adotaram essa medida na América Latina. A que mais aderiu a essa medida foi a indústria metalúrgica e automotiva, com 45%.

Mas, voltando para o nosso cenário, saindo do cenário macro para o micro, existem maneiras de fazer mudanças sem precisar entrar em pânico. Como no mercado de ferramentas digitais que te deixam atualizado, com uso de tecnologias de ponta e muita estrutura, fazendo com que você também ganhe tempo e mais dinheiro para o seu negócio.

Não é preciso gastar horas desenvolvendo uma planilha, contar tickets de cartões de créditos e investir tempo – e a cabeça – fazendo contas!  Tudo na vida precisa de um primeiro passo, que pode começar com inteligência!

Não tenha medo de investir na sua carreira. Na sua área ainda há muito para evoluir, o futuro se constrói hoje! Pode até parecer um “lugar-comum”, mas pense que se você não se dedicar a algo concreto agora e projetar os ganhos para daqui a dois ou três anos, e começar a traçar suas metas, seu esforço pode estar sendo desperdiçado!

Estude seu caminho, trace sua trajetória. Aquela máxima de que: “Quem são sabe para onde quer ir, qualquer caminho serve” mostra que aquele que não planeja não poderá reclamar do que colher futuramente em sua carreira profissional.

Mudanças são necessárias, mas estar preparado para elas é crucial!

José Vinícius Alves | Head de Finanças da Braspag

* pesquisa produzida pelos consultores de carreira da Michael Page e Page Personnel, publicada em setembro de 2019 com mais de 6 mil entrevistados.

** pesquisa produzida pelo PageGroup em abril de 2020 –https://www.michaelpage.com.br/advice/lideran%C3%A7a-e-gest%C3%A3o/aprendizados-e-tend%C3%AAncias-do-covid-19-na-am%C3%A9rica-latina

Open chat
Como podemos lhe ajudar?